quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Minhas ideias

Sou muito curiosa da vida natural, gosto de estar sem roupitas. Não me sentia à vontade fazê-lo num local com muita gente, mas numa praia isolada ou no privado da minha casa consumo bastante. Há tempos uma reportagem da TVI sobre a Colina do Sol, no Brasil deixou-me consideravelmente interessada. Quiçá um dia me mude para lá. Sou uma virgem louca. Aliás, numa pequena aventura de verão eu e o meu namorado decidimos tomar um banho de mar com a roupa com que viemos ao mundo. Uma incrível sensação de liberdade! Aconselhável a maiores de 18 anos e que saibam nadar bem.

Para o meu amigo "Borboletas". O maior defeito é ser virgem contra a vontade, ou perder a virgindade contra a vontade. Não existe idade ideal para a primeira vez. As pessoas são diferentes e não é só porque um amigo ou amiga já teve relações sexuais que também tens que perder a virgindade. Esta pressão é maior para os homens. Como vivemos numa sociedade onde o homem tem que ser o super "garanhão" e a mulher, a "recatada" quase noviça de convento, os homens chegam até ao ponto de mentir sobre a vida sexual. Dizem que já tiveram "muitas" relações sexuais, mas, na verdade, possuem os mesmos medos e aflições de qualquer mulher (ou até mais!). O medo de falhar aflige tanto os homens que, muitas vezes, isso acontece somente por causa deste pavor.

Existem na blogosfera um conjunto de pseudo inteligentes que, encontram num blog uma tentativa de ultrapassar a frustração literária e intelectual dos tempos da escolinha. Irrita-me imensamente, observar a quantidade de blogs pseudo-intelectuais. Irrita-me mais ainda, ver um grupo de bloguistas que se associam auto-publicitando e que não fazem mais nada do que dizer que aquele disse isto e que o outro disse aquilo. A originalidade da blogosfera é tão precária e a inteligência falsa.

Sou contabilista num escritório e obviamente não revelarei onde e porquê. Posso-me assumir jovem e deliberadamente inocente e inofensiva, no momento oportuno deixarei de o ser. Consulto frequentemente cartas de tarot, acredito em coisas místicas.

Na minha vida cheguei à conclusão que não seria má ideia, de um ponto de vista crítico e mesmo sexual criar um blog que, pretende por um lado mostrar a face tenra e sensível das mulheres em contraponto com a brutalidade e promiscuidade das palavras dos homens. Não tenho problemas em me assumir virgem e tenho todo o gosto de partilhar as minhas experiências não penetrativas convosco.

1 comentário:

***Alyn& disse...

oi Elis gostei muito da história ANA q foi jogada no lixo...
... gostaria q vc me mandasse mais história comoventes como essa para eu produzir um e-mail
esse é meu site: ALY_BRAUN@hotmail.com
valew...obrigada.